25 características de uma pessoa imatura emocionalmente

A busca pela felicidade sempre foi uma questão relevante ao longo da história da humanidade.
 

Atualmente, as pessoas ainda direcionam as suas ações e escolhas na direção desse sentimento, tentando de todas as formas alcançar a felicidade.

Uns correm atrás de conhecimentos para aperfeiçoar a capacidade intelectual com o objetivo de conquistar uma boa carreira e assim realizar os seus sonhos.
 

Outros procuram nos familiares, amigos e parceiros a chave para a felicidade e, por isso, esforçam-se em satisfazê-los e agradá-los.
 

No meio de tudo isso, vão-se esquecendo que a felicidade é uma questão individual, a qual não depende da sua condição social ou financeira.

Afinal, trata-se de uma emoção e a única pessoa que pode permitir-se viver, ou não, uma emoção é você mesmo.

Acontece que o ser humano é um tanto quanto negligente quando o assunto é esse. Frequentemente, permite-se ser escravo das suas emoções, justificando todas as suas ações por elas. Isso tira-lhe o seu poder de escolha do que realmente quer e deseja, porque apenas reage ao que lhe acontece.
 

Essa característica é predominante em pessoas que são consideradas emocionalmente imaturas. Elas comportam-se por meio de padrões negativos que, a médio e longo prazo, prejudicam a carreira, os relacionamentos e até a saúde.
 

Neste artigo vamos falar sobre a imaturidade emocional e as suas características.

A imaturidade emocional

Para falar de imaturidade emocional precisamos de falar também sobre personalidade.

A personalidade é a junção das suas condutas e comportamentos reais e potenciais, podendo ser definida por três fatores:
 

- O ambiente em que vive;

- A herança genética dos pais;
- A experiência de vida. 

Ou seja, podemos dizer que a personalidade é como uma marca própria que não pode ser completamente copiada por outra pessoa. É o seu cartão de visitas único.

Trata-se de uma organização dinâmica que está sempre em movimento e que não nasceu pronta. Ninguém nasce a saber lidar com toda e qualquer situação da vida.

O que diferencia uma personalidade da outra é o modo como escolhe lidar com cada adversidade do caminho. Alguns decidem usar as experiências, mesmo as negativas, a seu favor, encontrando aprendizagens ocultas e desenvolvendo-se à medida que vão enfrentando os obstáculos.
 

Outros escolhem fazer muito pouco, ou praticamente nada, e preferem acreditar que são vítimas das situações. Essas pessoas são consideradas imaturas emocionalmente, pois pensam que o mundo gira por e para elas, além de terem certeza que o exterior é o que precisa mudar sempre e não elas mesmas.

Características de uma pessoa imatura emocionalmente

      Dificuldade de perdoar, remoendo situações passadas;
      Baixa auto-estima e falta de autoconfiança;
      Adoção de comportamentos infantilizados;
      Apresenta comportamentos dominados pelas emoções;
      Paralisa ou foge diante de responsabilidades;
      Incapacidade de lidar com as limitações;
      Comete os mesmos erros;
      Hábito de encontrar culpados para tudo;
      Competitividade em excesso, seja no trabalho ou na vida pessoal;
      Pequenos acontecimentos tornam-se grandes tragédias;
      Dificuldade de dialogar e colocar-se no lugar do outro;
      Falta de flexibilidade com as pessoas e situações da vida;
      Hábito de reclamar o tempo todo;
      Insegurança e falta de confiança nas pessoas;
      Incapacidade de receber críticas;
      Necessidade de controlar as pessoas e situações;
      Falta de resiliência;
      Incapacidade de separar os problemas pessoais das atividades profissionais;
      Dependência emocional;
      Insegurança em relação aos seus talentos;
      Falta de foco, persistência e motivação;
      Resistência às mudanças;
      Envolvimento com fofocas e mentiras;
      Ausência de um projeto de vida;
      Falta de controlo emocional em situações de pressão.

Conclusão

Encontrar o caminho para amadurecer emocionalmente é a melhor maneira de evoluir como ser humano.
 

Mas, também se trata de um processo trabalhoso e que exige paciência e muita dedicação. Nem todos estão dispostos a isso.
 

Por isso, se conhece alguém assim, não o julgue. O mais importante é perceber o quanto ainda pode crescer e conquistar uma vida melhor.
 

Este artigo fez sentido para si? Se este conteúdo o ajudou de alguma forma e acredita que ele pode ajudar muitas outras pessoas, sinta-se livre para dar um like e compartilhar nas suas redes sociais.

Iniciar sessão to leave a comment


Cansaço Psicológico
Quais os sintomas do cansaço mental?