Conheça os 4 principais tipos de temperamentos

Já deve ter percebido que as pessoas ao seu redor possuem diferentes temperamentos e formas de lidar com a vida, não é verdade? Pois é, todos nós tendemos a um certo tipo de comportamento e entender o porquê é essencial para a nossa evolução.

Neste artigo, vamos partilhar tudo o que precisa de saber sobre os principais 4 tipos de temperamento.

O que é temperamento?

 

A primeira teoria criada para explicar o temperamento humano surgiu por volta de 400 a.C. com Hipócrates, mais conhecido como o pai da Medicina.
 

Desde então, o tema foi e ainda é considerado objeto de estudos e pesquisas das mais diversas áreas da ciência, como a filosofia e a psicologia.

Hoje, consideramos o temperamento como um aspecto importante da nossa personalidade, responsável pelas particularidades do nosso comportamento diário.

Este é o conjunto das tendências que guiam a nossa forma de ver o mundo, os nossos interesses, valores e habilidades.
 

Acredita-se que o temperamento é algo inato, que já nasce connosco, mas que temos a capacidade de moldá-lo conforme a nossa necessidade, com tempo e esforço.

Com todas estas informações, podemos, então, afirmar o quão importante é compreender o seu tipo de temperamento, as suas características, tendências emocionais, humor e personalidade, para conseguirmos compreender mais coisas a nosso respeito.

Esse conhecimentos pode influenciar diretamente o modo como nos relacionamos com os outros e também como lidamos com vida.

Os 4 tipos de temperamento

De todos os tipos de temperamentos, existem 4 que são considerados como os principais. Vamos aprender um pouco mais sobre eles. 

1 - Sanguíneo

A pessoa com temperamento sanguíneo é muito extrovertida e comunica-se bem, principalmente com grandes públicos.

Por ser um comunicador nato, quem possui temperamento sanguíneo gesticula bastante enquanto conversa. Também possui uma facilidade para se adaptar às mais diversas situações, além de ser bastante otimista e sensível.
 

Porém, possui o hábito de exagerar durante o seu discurso, além de ser impulsiva. Tais pontos – impulsividade e exagero – precisam de uma melhor atenção por parte de quem é sanguíneo.

2 - Colérico

Quem possui este tipo de temperamento costuma ser bastante explosivo e tem a liderança como um dos seus pontos fortes.
 

Sente facilidade para lidar e trabalhar com planeamentos e é com praticidade que um colérico lida com as mais diversas situações da vida. Possui também um alto nível de energia.

Quem tem o temperamento colérico pode ser impaciente e intolerante. Estes são os principais pontos que precisam de ser trabalhados.

3 - Melancólico

As principais características de quem possui este tipo de temperamento são: timidez, solidão e pessimismo. Por isso, prefere trabalhar em funções que possam ser exercidas individualmente.

Dono de uma sensibilidade bastante intensa, é extremamente leal com aqueles que têm o seu afeto. 

Mas, tanta sensibilidade tem o seu preço, é introvertido e tende a esconder os seus próprios sentimentos. Quem tem o temperamento melancólico possui o pessimismo como uma característica muito forte e esse é um dos principais pontos que precisa de ser trabalhado.

4 - Fleumático

O temperamento do tipo fleumático -se destaca pela doçura e paciência. Dificilmente perde o controlo, pois costuma avaliar toda a situação antes de reagir.
 

Além disso, mostra-se um excelente observador e prefere ter uma vida pautada por rotina. Sente-se mais confortável em ambientes silenciosos e acolhedores. 

Alguns pontos que precisam de ser trabalhados por quem possui este tipo de temperamento: indecisão, falta de flexibilidade e resistência a críticas.

A importância de entender o seu tipo de temperamento


Compreender com clareza a natureza dos temperamentos das pessoas com quem nos relacionamos, proporciona-nos melhores condições e meios para lidar com elas.

Sabe aquele familiar que não está tão aberto a uma conversa? Ele pode ser uma pessoa com um temperamento melancólico. Qual o objetivo de insistir em fazer do melancólico alguém "enturmado" se ele é um excelente profissional em funções individuais?

Pode ser mais inteligente ajudá-lo a superar o pessimismo, não é verdade?

E aquele colaborador espontâneo pode ser uma pessoa com um temperamento sanguíneo. Porque não aproveitar esta habilidade nata para alguma atividade dentro da sua organização?

Todo o temperamento pode ser melhorado


É muito importante ter em mente uma coisa:

De acordo com Daniel Goleman, apesar de existirem pontos que determinam o temperamento de uma pessoa, são muitos os circuitos cerebrais da mente humana e cada um destes circuitos são maleáveis, ou seja, podem ser trabalhados.

Por isso, saber entender, gerir e direcionar as nossas emoções é essencial para que possamos desenvolver a maestria emocional. Você tem poder suficiente para desenvolver e melhorar as suas habilidades.

E é, justamente, a partir do desenvolvimento de novos e bons hábitos que a gestão sobre as emoções pode ser treinada e desenvolvida. Descobrir novos caminhos vai ajudá-lo a tornar-se uma pessoa melhor, além de trabalhar os pontos que interferem diretamente no seu comportamento.

 

Conclusão

Entender o seu próprio temperamento pode ser decisivo para ajudá-lo a ser mais produtivo.

Isso acontece porque passa a enxergar quais são os pontos principais que precisam de melhorias, além de conhecer as características que já são positivas e podem ser aproveitadas para melhorar ainda mais a sua performance na vida.

Outro benefício é poder entender o temperamento das pessoas que o cercam. Isso vai ajudá-lo a aperfeiçoar os seus relacionamentos, descobrindo maneiras mais assertivas de lidar com cada comportamento diferente.

Lembre-se que não existe um temperamento perfeito. Todos possuem pontos de melhoria, mas também possuem as suas próprias forças e características. O que pode e deve fazer é identificar o seu tipo de temperamento e procurar sempre trabalhar para impulsioná-lo adiante.

Este artigo fez sentido para si? Se este conteúdo o ajudou de alguma forma e acredita que ele pode ajudar muitas outras pessoas, sinta-se livre para curtir e compartilhar nas suas redes sociais. 

 

 

 

Iniciar sessão to leave a comment


Conheça os principais sintomas da angústia existencial