O que significa empoderamento feminino

Já deve ter ouvido falar sobre “empoderamento feminino”, pelo menos uma vez nos últimos tempos. Este termo tem vindo a ser muito usado e adquirido cada vez mais espaço para discussão em diversos meios, principalmente nas redes sociais - um debate sobre o espaço que a mulher tem na sociedade, atualmente, e como ampliá-lo. 

Sabia que as mulheres, em Portugal, têm remunerações 16,7% menores do que os homens? E que foi apenas nos últimos anos que leis para garantir uma representação equilibrada na Administração Pública foram aprovadas?
 
Pouco a pouco, a mulher tem vindo a conquistar o espaço que lhe pertence na sociedade, mas ainda há muito o que avançar - motivo pelo qual o empoderamento feminino é um tema tão atual e necessário.

Neste artigo, vamos falar sobre este termo. Continue a ler para entender melhor como ajudar o movimento.

O que é o Empoderamento Feminino?

Trata-se de um conceito criado para englobar todas as ações e iniciativas que visem fortalecer as mulheres e desenvolver a equidade de género na sociedade.

O termo é derivado do inglês “empowerment” e especifica a capacidade da mulher de ser e realizar, sozinha, o que for preciso para o seu desenvolvimento.

Empoderar-se é o ato de assumir o controlo de si mesma e isso é muito importante, uma vez que as mulheres foram por tanto tempo desacreditadas que muitas ainda não tem consciência da própria capacidade. Somente quando elas se reconhecem capazes é que começam a protagonizar as transformações necessárias.

Os 7 Princípios de Empoderamento das Mulheres

Através de uma parceria da ONU Mulheres com o Pacto Global das Nações Unidas, foi desenvolvida uma lista com os sete princípios do empoderamento feminino nas empresas.

Além de garantir a igualdade de género, eles também refletem na evolução dos resultados da empresa, pois esta cria um ambiente amigável e propício ao crescimento de todos os colaboradores, independentemente do seu género.

1 – LIDERANÇA: Estabelecer uma liderança corporativa de alto nível para a igualdade entre géneros

      Criação de metas que visem alcançar a igualdade de género.

      Participação dos colaboradores no desenvolvimento das políticas da empresa que sejam relacionadas à igualdade.

      Análise de como as políticas atuais da empresa estão a impactar homens e mulheres, se elas visam à igualdade, ou se elas incentivam a desigualdade.

2 – IGUALDADE DE OPORTUNIDADE, INCLUSÃO E NÃO DISCRIMINAÇÃO: Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho – respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação

      Estabelecer uma remuneração igual e digna para colaboradores que exercem a mesma função, sem distinção entre homens e mulheres, incluindo os benefícios.

      Políticas que garantam que a mulher não seja discriminada pelo género no ambiente de trabalho.

      Incluir as mulheres em cargos mais altos.

3 – SAÚDE, SEGURANÇA E FIM DA VIOLÊNCIA: Assegurar a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras

      Avaliar como os perigos impactam homens e mulheres, para que ambos estejam seguros em relação a materiais perigosos, de acordo com as suas especificidades. Na mulher, inclui-se o cuidado com a saúde reprodutiva.

      Tornar inadmissível qualquer tipo de abuso no ambiente profissional, seja ela físico, verbal, psicológico, sexual, entre outros. Adotar também medidas que possam prevenir esses abusos, principalmente o sexual.

      Treinar a equipa de segurança para reconhecer os sinais da violência contra a mulher e intervir em favor da vítima.

4 – EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO: Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional para as mulheres

      Incentivar as mulheres a conhecerem as áreas que não são tradicionalmente femininas na empresa.

      Conceder acesso igualitário a todos os programas de formação que são oferecidos pela empresa.

      Oferecer oportunidades iguais para networking e mentoria, formais e informais.

5 – DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL E PRÁTICAS DA CADEIA DE FORNECEDORES: Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de abastecimento e de marketing que empoderem as mulheres

      Estreitar o relacionamento com empresas que tenham mulheres na liderança.

      Cobrar dos parceiros de negócios a implantação da igualdade de género nas suas empresas.

      Reforçar o respeito às mulheres nas campanhas de marketing da empresa.

6 – LIDERANÇA COMUNITÁRIA E ENGAJAMENTO: Promover a igualdade através de iniciativas comunitárias e de defesa

      Ser um exemplo de igualdade de género para a comunidade onde a empresa está inserida.

      Fazer parcerias e ações conjuntas com autoridades e líderes da comunidade em prol da igualdade de género.

      Incentivar e reconhecer as lideranças femininas das comunidades.

7 – ACOMPANHAMENTO, MEDIÇÃO E RESULTADO: Medir e publicar relatórios dos progressos para alcançar a igualdade entre géneros

      Compartilhar com o mundo as políticas da empresa que foram criadas para garantir a igualdade de género.

      Manter relatórios sempre atualizados do quanto a empresa já avançou em relação à igualdade de género.

A importância do Empoderamento Feminino

Ao longo da história as mulheres foram submetidas às mais gritantes disparidades, por isso, garantir a prática do empoderamento feminino na sociedade é evitar que as gerações futuras sofram com isso.

E mesmo com todos os avanços conquistados por e para elas, ainda há muito que ser feito.

Um exemplo claro disso é que as mulheres inseridas no mercado de trabalho acabam por trabalhar uma média de três horas a mais do que os homens, porque, normalmente, elas cuidam também das atividades domésticas e das pessoas que vivem na casa.

Outro exemplo é que mesmo com um nível de educação ainda mais alto que o de um homem, elas ainda vão ganhar menos.

Além disso, os benefícios do empoderamento feminino também podem ser direcionados para a sociedade no geral. Listamos aqui os principais:

      Crescimento económico com o aumento da participação das mulheres no mercado de trabalho;

      Redução da violência doméstica com o aumento da independência financeira por parte delas;

      Mais inovação no empreendedorismo, afinal as mulheres são naturalmente mais criativas e inovadoras;

      Retenção de talentos pelas empresas que valorizam e reconhecem a mulher;

      Sociedade mais justa e igualitária que proporciona as mesmas oportunidades para homens e mulheres.

Como incentivar o Empoderamento Feminino

Também pode começar a adotar práticas que incentivam o empoderamento das mulheres, caso deseje.

Separamos algumas ideias para colocar em ação:

      Compre de negócios comandados por mulheres;

      Compartilhe conhecimentos que possam ajudar as mulheres, dê um curso, participe de uma ação social, ou até mesmo divida informações importantes sobre saúde, cidadania, educação, etc.;

      Divulgue o trabalho das mulheres;

      Denuncie os casos de abusos que testemunhar;

      Empodere as mulheres que moram consigo.

Conclusão

O empoderamento feminino é garantir a liberdade para que as mulheres sejam quem desejam ser. O mundo está em constante transformação e é essencial que elas escrevam as suas histórias como protagonistas. Nada, nem ninguém, tem o direito de ditar como cada ser humano deve viver a sua vida, especialmente por causa do género.

Ajude-nos a inspirar outras mulheres e compartilhe este artigo nas suas redes sociais.

O que você achou desta mensagem? Partilhe connosco aqui nos comentários.

Iniciar sessão to leave a comment


Saiba quais são os sintomas de uma alergia emocional e como tratar